/ Retalhos de Inspiração: Eu, a solidão e a saudade

segunda-feira, dezembro 17, 2012

Eu, a solidão e a saudade


No meu mundo de incertezas,
derivo nos sonhos e ilusões.
Sombras circundam minhas noites,
onde ecoam  sonoras canções.

Presságios de uma desilusão,
que mais uma vez,
rasga meu coração,
deixando minha alma aberta
para os algozes do sofrimento.

Fraca, não suportando a dor,
entrego-me, na noite sombria,
ao descaso do amor e da vida.
Enrolo-me, feito um caracol,
para nada ouvir e nem ver.

Deixar o tempo passar lentamente...
em busca das lembranças,
curtir a solidão e a saudade,
e  dar um adeus a este amor.

Copyright © 2012 by Lys Carvalho
All rights reserved
.

2 Comments:

Blogger Valderez de Barros said...

Ah, minha querida amiga, como é difícil e doloroso, dar um adeus àquele amor que era tudo para nós.
Em teu poema, rasgas teu coração, e as palavras brotam dele, mostrando a fragilidade da tua alma sentida.Lindos, os teus versos!!!
Meu carinho, sempre!!! Dês.

8:17 PM  
Blogger Lys said...

Obrigada minha doce Dês,você também é essa doçura de poeta que leva a gente a curtir seus versos.Beijocas

10:07 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home